Pirelli pode abandonar a Fórmula 1 em 2020

  • Redação Autoportal
Mudança nos compostos permitirá duas idas às boxes por corrida
Mudança nos compostos permitirá duas idas às boxes por corrida

A Pirelli não está disposta a participar de um leilão para continuar a ser o único fornecedor de pneus para a Fórmula 1, e encara agora a possibilidade de deixar o Campeonato do Mundo, quando o contrato com a Liberty terminar em 2020.

De acordo com um porta-voz da empresa italiana citado pelo «Motosport.com», após uma reunião de acionistas, a Pirelli decidiu que está disposta a deixar a F1 se a questão da sua renovação se tornar numa guerra comercial e depender de um leilão com outros possíveis interessados com mais recursos, algo que poderia afetar as condições económicas a empresa de pneus italiana.

Tronchetti Provera, vice-presidente executivo da empresa italiana, acredita que não vai existir problema se a Pirelli não continuar na F1, e garante que a empresa não teria problemas em encontrar outros campeonatos como alternativa.

Provera sublinhou ainda que a Pirelli participa atualmente em mais de 400 campeonatos diferentes em todo o mundo e no caso da sua continuidade na Fórmula 1 ficar em causa a empresa não terá duvidas em abandonar a modalidade 'rainha'.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais