Porsche LMP1 bate recorde de Hamilton em Spa

  • Redação Autoportal
Porsche 919 Híbrido Evo bate recorde de Spa

A Porsche reformou-se do WEC no final da última temporada depois de três vitórias consecutivas no Mundial de Resistência. O Porsche 919 Híbrido reformou-se das pistas, mas não deixou de evoluir.

E foi precisamente essa evolução do seu LMP1 que a marca alemã demonstrou em contraste com as restrições regulamentares que contribuíram para a sua saída do WEC. A Porsche preparou um «919 Evo» que bateu o recorde da volta mais rápida no Circuito de Spa-Francorchamps com a atual configuração de 7.004 metros de extensão.

Lewis Hamilton fez 1m42.553s com o Mercedes W08 quando obteve a pole-position do GP da Bélgica de F1 do ano passado. O Porsche 919 Híbrido Evo bateu essa marca por 0.783 segundos. Ao volante do LMP1 da Porsche esteve o piloto da marca alemã Neel Jani, que fez uma volta em Spa com o tempo de 1m41.770s. O suíço fez uma velocidade média de 245,61 km/h e atingiu a velocidade máxima de 359 km/h.

“Foi uma volta absolutamente fantástica – uma condução fantástica do Neel e o resultado de grande engenharia. O recorde hoje prova a performance mais avançada do carro mais inovador dos eu tempo. O nosso objetivo foi mostrar o que o Porsche 919 Híbrido é capaz de fazer quando largamos as restrições que habitualmente decorrem dos regulamentos”, afirmou o vice-presidente LMP1 da Porsche Motorsport, Fritz Enzinger.

Esta performance em Spa foi a primeira da digressão de tributo ao LMP1 da Porsche vencedor das últimas três edições das 24 Horas de Le Mans. A «919 Tribute Tour» vai continuar no Nordschliefe com uma demonstração antes das 24 Horas de Nurburgring. Presenças no Goodwood festival of Speed e no festival Porsche de Brands Hatch seguem-se antes de o 919 rumar aos EUA para a Porsche Rennsport Reunion em Laguna Seca, na Califórnia.

O tributo ao Porsche que se «reformou» revela o que ele ainda seria capaz de fazer, como assinala Neel Jani: “Não somos apenas mais rápidos do que a pole da F1 de 2017. A volta de hoje foi 12 segundos mais rápida do que a nossa volta da pole-position no WEC do ano passado.”

Comentários

Veja mais