F1: Grosjean diz que Hamilton não foi penalizado devido à luta pelo título

Romain Grosjean manifestou o seu desagrado por Lewis Hamilton ter saído ilibado de qualquer falta na Qualificação para o GP da Grã-Bretanha afirmando que a decisão de não penalizar o inglês foi condicionada pela luta pelo título mundial de Fórmula 1.

Grosjean queixa-se que Hamilton lhe custou uma posição na grelha

O piloto francês queixa-se de ter sido bloqueado pelo Mercedes e confessou que ficou «surpreendido pela palavras» dos Comissários, que reproduziu: «O piloto atrás não foi bloqueado.»

«Se perder 0.35 a 0.4 segundos numa curva é não ser bloqueado, ficou muito surpreendido», disse o piloto da Haas frisando que esta decisão «abre espaço para qualificações atribuladas», mas que «as regras são muito claras».

«Sei que há uma luta pelo título na frente, mas estamos numa posição em que lutamos tanto como os rapazes na frente e eu hoje fui bloqueado», afirmou Grosjean citado pelo «Motorsport.com» lamentando que «talvez se fosse outro piloto tivesse havido algo» fazendo «sentir algumas vezes que há dois tipos de decisão».

O francês respondeu desta forma quando lhe perguntaram se Hamilton tinha um tratamento especial: «Penso que a corrida pelo título é uma corrida importante.»

«Mas estamos a lutar tanto como eles. Temos muita gente a trabalhar muito e, sim, perdi 3 segundo e meio em duas curvas», reafirmou o francês prometendo uma reação diferente numa próxima vez: «Se tiver de meter a minha frente no difusor traseiro dele para mostrar que fui bloqueado…» «Temos regras muito claras na qualificação e com dez carros na Q3 não devíamos ter estes problemas», assumiu.

Partilhar

Comentários

Comments are closed.