F1: Mark Webber coloca futuro na Red Bull em dúvida

A decisão de Sebastian Vettel em ultrapassar Mark Webber depois de a equipa ter ordenado a ambos para manterem as respetivas posições poderá ter proporções maiores do que as imagináveis. O australiano não esconde a mágoa pela atitude do companheiro e se a relação entre ambos já não era brilhante, mas era leal, esta deve ter sido a gota de água.

Na chegada à Austrália, Webber falou do caso, frisando algo que já tinha dito na conferência de imprensa que se seguiu à corrida. “Ainda é cedo para uma análise profunda”, começou por dizer.

“Vou discutir isso, obviamente, esta semana. Vou pegar na minha prancha de surf e terei o telemóvel ocupado. Vamos ver o que acontece”, atirou, de forma enigmática.

Pedro Lamy analisa GP Malásia: “Razão está com Vettel”

Webber diz que “pensou em muitas coisas” nas últimas 15 voltas do Grande Prémio.

A verdade é que a pré-temporada não foi fácil para Webber que recebeu críticas inclusive da própria Red Bull, por parte de Helmut Marko, o consultor. Estando constantemente na sombra do tricampeão Sebastian Vettel e naquele que poderá ser o seu último ano na Fórmula 1, todos os cenários parecem de assinalar, nesta altura.

Damon Hill e Martin Brundle, dois ex-pilotos de Fórmula 1, foram perentórios na análise que fizeram à corrida: a escassa confiança entre os dois pilotos que havia, evaporou-se por completa. E criou um caso bicudo para a Red Bull resolver.

JTF

Siga o Autoportal no Facebook

Partilhar

Comentários

1 Comentário

  1. quem é k deve o k a alguem? o k é k o webber tinha ganho antes da redbull?K se va embora k o formiga está Á espera….