Salários na Fórmula 1: descubra quem ganha mais

Fernando Alonso e Lewis Hamilton voltam a ser, em 2017, os pilotos com os salários mais elevados de toda a grelha da Fórmula 1, auferindo sensivelmente o mesmo: 18,7 milhões de euros por ano.

A estes valores, que referem-se apenas aos salários, há ainda a somar os prémios por objetivos e uma parcela tão grande ou maior, referente aos contratos publicitários de cada piloto.

O último lugar do pódio no que se refere a salários é ocupado por Sebastian Vettel (curiosamente o tem mais títulos dos três primeiros da tabela), com 14,1 milhões de euros, seguido de Daniel Ricciardo, que aufere algo como 11,3 milhões de euros.

O maior salto salarial é protagonizado por Nico Hulkenberg, que trocou a Force India pela Renault. O alemão passa a receber algo como 9,4 milhões de euros, o dobro do que ganha Sergio Perez.

Segue-se Max Verstappen, com 6,6 milhões de euros, tanto quando ganha Romain Grosjean na Haas, e o novo recruta da Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas, com 5,6 milhões, o mesmo que recebe Kimi Raikkonen aufere na Ferrari.

Na cauda da tabela encontram-se os pilotos da Sauber, sendo que Pascal Wehrlein é o mais mal pago de toda a grelha. O piloto alemão aufere 470 mil euros.

Salário anual (em euros):
1. Fernando Alonso (McLaren), 18,7 milhões de euros
2. Lewis Hamilton (Mercedes), 18,7 milhões de euros
3. Sébastian Vettel (Ferrari), 14,1 milhões de euros
4. Daniel Ricciardo (Red Bull), 14,1 milhões de euros
5. Nico Hulkenberg (Renault), 9,4 milhões de euros
6. Max Verstappen (Red Bull), 6,6 milhões de euros
7. Romain Grosjean (Haas), 6,6 milhões de euros
8. Valtteri Bottas (Mercedes), 5,6 milhões de euros
9. Kimi Raikkonen (Ferrari), 5,6 milhões de euros
10. Sergio Perez (Force India), 4,7 milhões de euros
11. Felipe Massa (Williams), 4,7 milhões de euros
12. Stoffel Vandoorne (McLaren), 2,8 milhões de euros
13. Esteban Ocon (Force India), 1,9 milhões de euros
14. Kevin Magnussen (Haas), 1,4 milhões de euros
15. Carlos Sainz (Toro Rosso), 1,4 milhões de euros
16. Jolyon Palmer (Renault), 940.000 euros
17. Lance Stroll (Williams), 940.000 euros
18. Daniil Kvyat (Toro Rosso), 940.000 euros
19. Marcus Ericsson (Sauber), 940.000 euros
20. Pascal Wehrlein (Sauber), 470.000 euros

Fonte: Motorsport Total

Partilhar

Comentários

Comments are closed.