F1: Mercedes e Hamilton “estacionam” renovação devido aos resultados

  • Redação Autoportal
Lewis Hamilton (Lusa)
Lewis Hamilton (Lusa)

O processo de renovação de Lewis Hamilton com a Mercedes ficou “estacionado” pela partes devido aos resultados obtidos no arranque do Mundial de Fórmula 1.

Ambos equipa e piloto reiteram a vontade de prolongar o vínculo que finaliza nesta temporada, mas “outras prioridades” ultrapassaram as conversas de renovação depois de um começo sem vitórias até a quarta Corrida.

“Obviamente que não queremos perdê-lo e não penso que ele queira ir a algum lado”, assumiu o diretor da equipa Mercedes a respeito de Hamilton frisando Toto Wolff ao «Crash.net» que “está tudo a correr bem”.

O austríaco afirma que “não há razões” para que os atuas campeões do mundo de Pilotos e de Construtores não se mantenham juntos “por mais uns anos” explicando o andamento dos temas: “Tivemos outras prioridades nas últimas semanas. Não estávamos satisfeitos com o desempenho do carro e precisávamos de resolver as coisas.”

“Finalizar um contrato é algo em que precisamos de nos envolver e despender tempo e ambos decidimos estacioná-lo um por um bocado onde estávamos. Mas está quase tudo resolvido e retomá-lo-emos na altura devida”, afirmou Wolff.

Hamilton já tinha atestado a mesma ideia no domingo do GP de Espanha, onde também esteve o homem forte de toda a estrutura Mercedes, o presidente da Daimler AG, Dieter Zetsche.

“Tivemos aqui hoje todos os chefes e, pelo que sei, não há uma única pessoa, ou pelo menos na hierarquia da equipa, que esteja preocupado”, afirmou Hamilton confirmando também que “falta pouco para finalizar” o processo: “Esperamos que aconteça no futuro próximo.”

Comentários

Veja mais