Hamilton: “Precisamos de utilizar o nosso plano A”

  • Redação Autoportal
Lewis Hmitlon (Reuters)
Lewis Hmitlon (Reuters)

Lewis Hamilton foi o mais rápido nos dois Treino Livres desta sexta-feira para o GP da China de Fórmula 1, mas nos TL2, os mais rápidos, o piloto da Mercedes bateu o Ferrari de Kimi Raikkonen por apenas 7 milésimos de segundo ficando os quatro da frente separado por apenas um décimo.

O campeão do mundo reconhece a rapidez dos adversários e com tanta proximidade, garante que a Mercedes não vai arriscar recorrer a planos B.

“Os Ferrari foram rápidos e os Red Bul pareceram bastante velozes nas saídas longas. É bom ver todos os tempos tão próximos, mas significa que precisamos mesmo de utilizar o nosso plano A. Precisamos de todos da equipa a postos no fim de semana porque é um esforço conjunto.”

Com tempo frio na China e os pneus médios, macios e ultramacios à disposição, Hamilton não viu grandes diferenças quando se sabe que os Mercedes se dão melhor com os compostos mais duros: “Todos os pneus foram bastante semelhantes no andamento, por isso não há uma grande diferença entre eles, apesar de haver uma diferença de dois níveis entre os macios e os ultramacios.”

Comentários

Veja mais