Márquez faz a sua defesa: “Não me interessa nada o que diga Rossi”

  • Redação Autoportal
Marc Márquez e Valentino Rossi (Lusa)
Marc Márquez e Valentino Rossi (Lusa)

Marc Márquez fez a sua defesa em relação às palavras de Valentino Rossi dizendo que o que o italiano diz não lhe interessa. O piloto espanhol passou por vários incidentes no GP da Argentina de MotoGP deste domingo e deu as suas explicações frisando que não se atirou contra os adversários em pista.

O campeão do mundo teve choques com vários pilotos – como com Aleix Espargaró e Rossi – e não deixou de tentar-se desculpar-se com ambos. No final do atribulado GP da Argentina, a transmissão mostrou Márquez a ir à box de Rossi e a Yamaha a mandar embora os homens da Honda.

«Il Dottore» reagiu mais tarde ao choque entre ambos que o deitou ao chão afirmando que “Márquez destruiu o desporto” e confessando “medo” quando está em pista com o espanhol.

O piloto da Honda respondeu assim ao italiano: “Não me interessa nada o que diga Rossi porque, no fim de contas, o nível em pista foi muito bom.” “Sou honesto, foi um erro involuntário que não teria acontecido com pista seca”, explicou Márquez lembrando que foi penalizado por isso.

“Estava a tentar recuperar e a pista estava delicada e dificultava muito mais as ultrapassagens. Para mim, o erro foi maior com o Aleix do que com o Valentino, mas, bom, no fim de contas, não fiz nada voluntariamente em qualquer dos casos, com o toque não me atirei contra ninguém. Só tentava ir para a frente”, explicou o espanhol deixando também um recado dirigido ao italiano: “Não vou dizer nada de Rossi. Está cá há 25 anos e espero que as pessoas também se lembrem.”

Mas Márquez esclareceu ainda mais em pormenor os incidentes por que passou numa “corrida cheia de contratempos”. “Desculpei-me com o Aleix, foi um erro meu porque eu era quatro segundos mais rápido e não soube calcular bem. Quando passei o Valentino pisei por uma poça, tive que largar os travões, passou-se o que se passou, batemos, ele caiu, fui à Direção de Corrida e logo depois desculpar-me, ele não aceitou e respeito isso.”

Comentários

Veja mais