Lewis insulta Max, Seb defende Lewis, Max entende Lewis: F1 está mais calma?

  • Pedro Calhau
Max Verstappen e Lewis Hamilton (Lusa)
Max Verstappen e Lewis Hamilton (Lusa)

O ambiente na Fórmula 1 está mais calmo? Parece que sim... A comparação é feita de forma intencional com o MotoGP – entenda-se.

O GP do Bahrain de F1 também não foi imune a polémicas, mas o resultado destas parece estar a seguir em águas (bem) mais calmas do que a agitação vivida na categoria rainha das duas rodas.

No (imediato) rescaldo da corrida em Sakhir, Lewis Hamilton criticou Max Verstappen pela manobra de ultrapassagem do piloto da Red Bull, que acabou com a passagem do holandês para a frente, mas também com uma roda danificada no seu carro que, apesar da troca, o levaria a abandonar pouco depois.

Na sucessão de palavras pós-corrida, Hamilton insultou Verstappen, Sebastian Vettel defendeu o inglês e, agora, o piloto da Red Bull também não levantou ondas no mar de comentarios que se seguiu mostrando compreensão pela reação do campeão do mundo.

Hamilton foi apanhado a insultar Verstappen na sala dos pilotos antes da cerimónia do pódio, segundo relata o «Motorsport.com», apelidando o holandês de «dickhead» [que vamos traduzir por «imbecil»]. Confrontado com essa situação na conferência de imprensa, Hamilton não teve oportunidade para responder porque Vettel fez questão de ser ele a tomar a palavra defendendo o adversário da Mercedes.

“Posso responder a isso. Não é justo – não sei o que o Lewis fez, todos já passámos por isso. Não penso que se justifique fazer-nos esse tipo de perguntas de ‘m****' e fazer uma polémica do nada. Estamos apenas a correr, estamos carregados de adrenalina e dizemos essas coisas. É uma reação humana e às vezes sinto que é tudo um pouco empolado e artificial se temos questões dessas tentando criar algo do que não existe.”

Hamilton disse às televisões que “as emoções estão sempre ao rubro quando se sai do carro” não conseguindo “recordar realmente” ter feito o comentário – antes de referir que o recordou quando estava na sala do pódio.

Na sucessão de palavras a três, Verstappen foi o último a pronunciar-se e desvalorizou a reação de Hamilton mostrando compreensão pelo momento de tensão após uma corrida. Assim falou o holandês na televisão do seu país no programa «Peptalk» da «Ziggo Sport», segundo relata o Motorsport.com»:

“Ele acabou de sair do carro, ali. E então essas coisas podem acontecer. Se acabámos de sair do carro ainda estamos carregados de adrenalina, por isso, 'tá bem.”

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais