Miguel Oliveira com a «cabeça erguida e focado no futuro»

Miguel Oliveira
Miguel Oliveira
partilha

Miguel Oliveira foi um dos muitos que neste domingo não terminaram o GP de São Marino de Moto2 devido às várias quedas decorrentes de uma pista de Misano encharcada onde foi muito difícil pilotar.

O piloto português lamenta ter sido um dos vitimados pelas quedas, ao perder a frente da sua moto, mas garante que sai deste fim de semana com a «cabeça erguida». E garante (nas redes sociais) que já está «focado no futuro», que passa já a seguir por Aragão, no dia 24.

Em declarações no seu site, o piloto da KTM Ajo resumiu desta forma o fim de semana.

«A minha queda foi uma pena, estávamos a construir bons resultados este fim de semana. Vi no Warm-up como ia ser difícil correr no limite debaixo destas condições [de chuva intensa]. Apesar de não estar a forçar o andamento, acabei por perder a frente.»

Comentários

Veja mais