Miguel Oliveira: “Podemos melhorar a qualificação”

  • Redação Autoportal
Miguel Oliveira
Miguel Oliveira. GP de Espanha 2018

Miguel Oliveira chega à quinta Corrida do Mundial de Moto2 após uma sucessão de três pódios, com dois terceiro lugares e um segundo na última prova, em Espanha. O piloto português da Ajo KTM não esconde que um dos objetivos é manter esta classificação, mas não fica pelo que já vem conseguindo com regularidade.

Se com os resultados das Corridas, Miguel Oliveira está pódio do Mundial com o terceiro lugar ao fim de quatro provas, o português tem partido sempre de trás e corrido em recuperação. O último GP de Espanha é disso bom exemplo, com uma saída do 14.º lugar da grelha (quinta linha) a terminar num 2.º lugar na Corrida.

O melhor que o piloto português conseguiu nesta época na Qualificação foi o quarto lugar (2.ª linha da grelha) na abertura do Mundial no Qatar, com mais um sétimo (3.ª linha) na Argentina e um 12.º (quarta linha) em Austin. Em Le Mans, neste fim de semana, Oliveira quer rodar na frente logo desde sábado.

“O objetivo é manter o que temos feito nos últimos GP, em que conquistámos três pódios consecutivos. Claro, uma coisa que podemos melhorar é qualificar o mais alto possível. No ano passado, o GP da França foi muito difícil para nós; nunca encontrámos a melhor configuração para adaptar a moto à pista. É um circuito com travagens bruscas, aceleração acentuada e chicanes, por isso vamos trabalhar para obter uma configuração que nos permita ser rápidos e estarmos confortáveis. O importante é não cometer erros, continuar a somar pontos e aumentar a nossa sequência de pódios. Acabar dentro do Top 3 seria um ótimo resultado”.

A corrida de Moto2 do GP de França realiza-se em Le Mans no domingo às 11h20 (hora de Portugal Continental).

Comentários

Veja mais