«A Liberty Media na F1 é como Trump na Casa Branca»

As palavras do título são o que Damon Hill pensa a respeito do que é preciso aprender para quem se estreia na Fórmula 1. E, para o antigo campeão do mundo inglês, o que se passa na F1 «é como a administração Trump neste momento».

Hill considera que os novos donos da F1 «estão a aprender» explicando ao «City A.M.» que «quem quiser fazer alguma coisa na Fórmula 1 irá ter de percebê-la a fundo» e que isso «demora alguns anos».

«Tenho a certeza de que eles não são ingénuos, mas também de que eles nunca se cruzaram com algo como a Formula 1. Acho que ninguém se cruzou», admite o inglês questionando as intenções da Liberty Media quanto a tetos orçamentais: «Como é que se inspeciona isso? Não acho possível.»

«Pode parecer cruel, mas isto é desporto. Não estamos a falar da sociedade», destacou Hill a respeito de um mundo em que os acordos bilaterais ganham por larga maioria às posições de conjunto: «Quando se entra numa arena como o desporto motorizado tem-se de perceber as regras. E as regras são as de que não se pode esperar muita ajuda de quem quer que seja.»

Partilhar

Comentários

Comments are closed.