MotoGP: GP do Qatar em risco?

O arranque da temporada de MotoGP, no próximo domingo, pode estar em risco, depois da chuva que marcou os testes oficiais de Moto2 e Moto3, que obrigou o cancelamento de dois dois três dias de trabalhos, que ontem terminaram.

Com chuva prevista para o próximo fim de semana, a questão que agora se coloca é: se chover, haverá Grande Prémio?

Pois bem, segundo o diretor de corrida do MotoGP, Mike Webb, as corridas só serão realizadas se houver unanimidade por parte de todos os pilotos.

“Depois do Franco Uncini e do Loris Capirossi terem rodado com o piso molhado chegaram à conclusão de que era possível rodar e explicaram aos pilotos as sensações que tiveram na pista. Todos os pilotos concordaram em testar e ver por si próprios como está o estado da pista. Se tivermos oportunidade faremos um teste, mas não vamos competir com o piso molhado a menos que todos os pilotos tenham testado e posteriormente concordado com essa situação”, afirmou.

Esta não é a primeira vez que a chuva ameaça o Grande Prémio do Qatar, o único do calendário que se realiza à luz artificial. Em 2009 foi adiado em 24 horas depois das condições meteorológicas não serem as mais favoráveis. Será que vai acontecer o mesmo este ano?

Veja ainda:
MotoGP e Moto2: os horários do Grande Prémio do Qatar

Partilhar

Comentários

Comments are closed.