Nicky Hayden sofreu «danos cerebrais muito graves»

Nicky Hayden mantém-se num quadro clínico de «extrema gravidade» com a família do piloto norte-americano a acompanhar a sua evolução em Itália. Um segundo boletim clínico desta quinta-feira refere que o norte-americano sofreu «danos cerebrais muito graves»

Nesta manhã, o Hospital Bufalini em Cesena informava não haver «novidades substanciais relativamente à véspera com Hayden continuando «a recuperar na unidade de reanimação» e mantendo um quadro clínico «de extrema gravidade».

À tarde confirmava-se que «as condições clínicas de Nicky Hayden mantêm-se extremamente graves», mas são adiantadas algumas consequências para o seu estado de saúde: «O jovem, que ainda se encontra a recuperar na unidade de reanimação do Hospital Bufalini de Cesena sofreu um grave politraumatismo com consequente dano cerebral muito grave.»

A instituição hospital mantém um «prognóstico reservado» como já tinha feito na véspera quando revelou um quadro clínico que não permitia a intervenção cirúrgica.

A consequência mais gravosa do atropelamento sofrido por Hayden terá sido um edema cerebral que o norte-americano teve e a condição débil em que ficou depois do acidente, que não aconselha uma intervenção cirúrgica, pois sofreu ainda fraturas graves em membros inferiores que também o fizeram perder muito sangue.

A sentida mensagem de Rossi a Nicky Hayden

A «Gazzetta dello Sport» adianta que alguns familiares de Nicky Hayden já se encontram em Itália a acompanhar a situação, como são os casos da sua mãe, Rose, e do seu irmão mais velho, Tommy.

Partilhar

Comentários

Comments are closed.