Rossi: «Não posso estar contente»

Valentino Rossi não conseguiu melhor do que o 11º tempo no fecho dos testes de Phillip Island nesta sexta-feira e demonstrou a insatisfação com a ênfase no trabalho que ainda será preciso fazer no Qatar, na última sessão de testes antes de começar a época.

«Trabalhámos muito, experimentámos muitas coisas, sobretudo para tentar ter um ritmo melhor com pneus usados, mas, sinceramente, não estou muito satisfeito. Dei muitas voltas e, no final, estava cansado e nem sequer tentei melhorar o meu tempo», afirmou Rossi.

O italiano refere que na equipa Yamaha «ainda há dúvidas» e «coisas por fazer». «Procuraremos um caminho diferente no Qatar. Temos outras coisas para experimentar. O potencial com os pneus novas é bom. Precisamos de melhorar quando se gastam», explicou Rossi.

Em comparação com os outros testes e com os adversários, Rossi analisou que na Malásia «estava mais perto» e que na Austrália «foi um pouco pior». «Foi um teste mais difícil para mim e não posso estar contente. Os mais rápidos foram Viñales e Márquez, com quem temos de trabalhar paar estar mais perto», afirmou.

Partilhar

Comentários

Comments are closed.