Noite de pesadelo para a Toyota em Le Mans

Um ano depois regressaram as lágrimas à Toyota. Desta vez durante o momento em que Le Mans respira festa, na magia da noite foi quando se apagou a luz dos dois carros que mantinham acesa a esperança do gigante japonês na procura da conquista que mais lhe resiste: a vitória nas 24 Horas de Le Mans.

Em apenas 15 minutos, pela meia noite, o TS050 número 7, que liderava confortavelmente, e o número 9 davam por terminada a aventura em La Sarthe, travados por problemas irresolúveis que os impediu até de chegar às boxes para tentar qualquer reparação.

Antes, o terceiro Toyota, o número 8 já tinha perdido quase uma hora na garagem com problemas na parte híbrida, o que não impediu de regressar, embora com um atraso considerável.

Por esta altura, quando faltam pouco mais de 10 horas para a bandeira de xadrez, o Porsche 919 número 1 é o líder da corrida e o único LMP1 com possibilidades de vencer.

Em segundo, a 10 voltas do Porsche 919 número 1, segue o melhor dos LMP2, o Oreca número 13 da Vaillante Rebelion.

O segundo melhor LMP1, dos três que resistem em competição, é o Porsche 919 número 2, que é 14º da geral, a 18 voltas, enquanto o Toyota resistente, o número 8, tem 28 voltas de atraso.

Partilhar

Comentários

Comments are closed.