Oficial: Vila Real recebe WTCC em 2015

É oficial: Vila Real vai receber, de 10 a 12 de julho de 2015, uma ronda do Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC). A prova, que substitui o Circuito da Boavista, está confirmada para os três próximos anos, sem interrupção.

“Internacionalizar o circuito era um dos objetivos da câmara e da FPAK para os próximos anos. A oportunidade surgiu e não a quisemos perder, graças ao esforço de todas as entidades envolvidas”, afirmou o presidente da autarquia, Rui Santos.

A realização do WTCC em Portugal fica assegurada para os próximos três anos.

Esta decisão surge também depois da Câmara do Porto ter decidido suspender a realização do Circuito da Boavista em 2015 alegando que, face ao corte de apoios do Turismo de Portugal, gastar cerca de três milhões de euros numa prova de automobilismo poderia por em causa “as boas contas” do município. O Porto era palco para as provas WTCC.

Cumprindo uma promessa eleitoral, o executivo do PS, presidido por Rui Santos, retomou em 2014 a realização do Circuito Automóvel de Vila Real.

O objetivo era que a internacionalização do circuito ocorresse em 2016/2017, um calendário que foi agora antecipado para 2015.

Para o próximo ano estava já prevista a realização de uma intervenção no circuito e boxes, num investimento de 600 mil euros que resulta de uma candidatura a fundos comunitários.

Segundo Rui Santos, nas boxes e ‘paddock’, que na altura do circuito se espalham pela rua Ator Rui de Carvalho e na alameda de Grasse, vão ser criadas condições para albergar as equipas de mecânicos e técnicos que acompanham as equipas de competição.

Vai também ser feito “um grande investimento nas condições de segurança do próprio circuito, alterando a rotunda de Mateus, aumentando a área de rails e os níveis de segurança nas redes que faltam”.

Mas, para além do reforço das condições de segurança, é preciso ainda que a região consiga responder a outros pressupostos para acolher esta prova internacional, nomeadamente a nível da capacidade hoteleira, bem como um hospital central com heliporto.

Rui Santos salientou que este evento “atrai milhares de adeptos dos desportos motorizados e poderá trazer a Vila Real um retorno financeiro que ultrapassará os cinco milhões de euros”.

As primeiras corridas no circuito de Vila Real, criado por Aureliano Barrigas, realizaram-se em 1931 e foram incluídas no programa das festas da cidade.

Durante várias décadas, milhares de pessoas visitavam anualmente Vila Real para assistir às corridas de automóveis, que se tornaram um dos “maiores eventos de Trás-os-Montes e Alto Douro” até terminarem em 1991, depois da sucessão de vários acidentes graves.

O anterior executivo de Manuel Martins (PSD) retomou o circuito em 2007, mas o evento só se realizou até 2010 e, agora, de novo em 2014.

Siga o Autoportal no Facebook

Partilhar

Comentários

5 Comentários

  1. saiu da boavista mas continua em portugal. de certeza que nao e gracas ao turismo de portugal

  2. Estou muito orgulhoso voltar a ver as grandes maquinas na minha terra. Estarei lá, como sempre. Parabéns para o Presidente Rui Santos

  3. Tenho apartamento em vila real pra qem quizer pasar dias pras corridas: D passem palavra: D obrigada

  4. Ahaha! E quem tem que trabalhar que vá dar a volta ao bilhar grande ou que aprenda a voar. Pseudo evento para distrair o público menos audaz, os fundos existem para mt mais que o transtorno que este evento cria.