Reviravolta em Le Mans: Porsche na frente

A noite em Le Mans trouxe profundas alterações na frente das 24 Horas de Le Mans com o abandono dos Toyota número 9 e 7, a juntar ao atraso do número 8. O único sobrevivente entre os LMP1 foi o Porsche 919 número 1, visto que o número 2 está também muito atrasado.

Terminou assim, cedo, o duelo entre Toyota e Porsche depois do domínio do Toyota número 7. Os azares começaram com os problemas de travões do número 8. Seguiu-se o número 7, o que liderava, que parou com problemas mecânicos e, por último, o número 9 que viu um pneu furado causar um princípio de incêndio na traseira, levando ao abandono.

O único que resiste, embora com 30 voltas de atraso para os líderes, é o número 8.

Desta forma, em segundo da classificação geral, a 10 voltas do líder, encontra-se um LMP2, o Oreca número 13 da Vaillante Rebellion com Mathias Beche ao volante, seguido pelo número 31 de Nicolas Prost.

Em terceiro do LMP2, segue Thomas Laurent, no Oreca # 38 da Jackie Chan. Já a equipa de Filipe Albuquerque, a United Autosports, tem o seu Ligier # 32 no oitavo posto, agora com Will Owen ao volante,

Nos GTE Pro, tudo em aberto, com o Ferrari 488 # 51 de James Calado, a liderar na frente de Jonathan Adam, no Aston Martin # 97, e de Richie Stanway do Aston Martin # 95.

Quanto aos GTE Am, Pedro Lamy viu o rebentamento de um pneu no Aston Martin número 98 trair as aspirações a uma vitória na categoria, quando liderava com uma grande vantagem sobre os segundos classificados.

A sorte sorriu ao Ferrari 488 da JMW Motosport, que passou a liderar, na frente de Marvin Dienst, no Porsche 911 RSR # 77 da Proton, enquanto o terceiro é o Aston Martin da TF Sport com Euan Hankey.

Para Lamy, que concluiu o seu segundo turno no Aston Martin # 98, a passagem do testemunho a Mathias Lauda fez-se na 12ª posição, dois lugares acima do Ferrari 488 # 60 de Àlvaro Parente.

Confira AQUI a classificação geral após 11 horas de competição.

Partilhar

Comentários

Comments are closed.