Toyota admite que tecnologia híbrida ainda não está preparada para Le Mans

Akio Toyoda, presidente e CEO da Toyota Motor Corporation, admite que a tecnologia híbrida pode não estar preparada para aguentar 24 horas de competição, como as 24 Horas de Le Mans.

O Toyota TS050 Hybrid era o grande favorito à vitória na edição deste ano e o carro número 7 liderou a corrida durante muito tempo, mas problemas na embraiagem levaram à desistência.

O único dos três Toyota que terminou a corrida, na nona posição, perdeu duas horas em reparações, devido a um problema no motor.

A tecnologia híbrida é utilizada em Le Mans desde 2012, quando a Audi estreou o R18 e-tron quattro. Desde então todos os carros que venceram eram híbridos, mas Toyoda questiona se ela é adequada para uma prova de 24 horas, depois dos problemas sentidos pelos LMP1 este ano.

“Tanto a Porsche como nós fomos incapazes de completar sem incidentes as 24 horas com os carros híbridos. Tanto o carro # 2 que ganhou, como o nosso # 8, que terminou, foram forçados a reparações demoradas”, observou.

O responsável considera que, “a tecnologia híbrida mostra a sua força nas corridas de seis horas, mas pode ainda não estar preparada para corridas de longa distância, como as 24 horas de Le Mans”.

Isto não significa, porém, que a Toyota vai abandonar as 24 Horas de Le Mans. Muito pelo contrário. “Voltaremos mais forte e mais determinados do que nunca. O nosso desafio Le Mans irá continuar”, concluiu.

Partilhar

Comentários

Comments are closed.