Vettel nem quer ouvir falar de reforma

| Playboy
Sebastian Vettel - GP do Japão
Sebastian Vettel - GP do Japão
partilha

Os últimos meses têm sido duros para a  Ferrari e Sebastian Vettel viu as suas hipóteses de se tornar campeão F1 cada vez mais remotas. Protagonista pelas piores razões, o piloto alemão não esconde a vontade de se tornar campeão pela equipa do cavallino rampante. Mas, não garante que fica na Scuderia eternamente. 

Em entrevista à Playboy alemã, o piloto de 30 anos foi confrontado com várias questões sobre o seu futuro. Nomeadamente se estaria disposto a abandonar a F1 assim que se sagrar campeão com a Ferrari. Ao jeito de Nico Rosberg campeão no ano passado pela Mercedes.

"Confesso que não pensei nisso", assumiu Vettel, "ainda não sou campeão pela Ferrari, e por isso não se levanta essa questão para já. Vejo isso como uma decisão muito importante e que deve ser cuidadosamente pensada. Não é algo espontâneo como parece ser o caso de Nico ", garantiu.

 

Competir pela Ferrari é muito especial", acrescentou quando questionado sobre a possibilidade de deixar a Scuderia. “Isso pode acontecer um dia, não pode ser excluído, mas não planeio nada que vá além do meu contrato que acaba em 2020. Sou o que sou e adoro o que faço, com obrigações, é claro ".

Uma questão de hábitos

Contrariamente ao que se esperava, Nico Rosberg continua bem ativo no mundo da F1, apesar de já não estar aos comandos de um monolugar. Uma curiosidade que Vettel não deixou escapar na entrevista à famosa revista masculina. 

"Rosberg explicou sua decisão de se reformar para viver uma vida mais pacífica, mas ainda é muito ativo. Seja com a Mercedes, na administração de Robert Kubica, ou como comentador na televisão. Deve aborrecer-se em casa", atirou. "Pessoalmente, quando tenho um domingo de folga, prefiro ficar no sofá da minha sala".

Não será certamente no sofá que Vettel irá passar este domingo. Embora o GP dos Estados Unidos seja no dia 22 de outubro, há muito que batalhar para recuperar do enguiço que a Ferrari tem sofrido nos últimos tempos.

Comentários

Veja também