André Villas-Boas sofre acidente e abandona rali Dakar

| Atualizada às 00:03
VÍDEO: Acidente no Peru obriga Villas-Boas a desistir do Dakar
partilha

O treinador português de futebol André Villas-Boas sofreu um acidente na 3.ª etapa do rali Dakar, realizada no deserto de San Juan de Marcona no Peru. Após ter sido visto num hospital, teve de abandonar a prova, informação que consta já no "site" da prova, a 40.ª edição do Dakar, que se disputa na Argentina, Peru e Bolívia.

De acordo com fonte contatada pela TVI, o carro de Villas-Boas galgou uma duna e aterrou metros à frente, batendo violentamente com a frente no solo.

A TVI sabe que o antigo treinador do FC Porto, Chelsea, Tottenham e Zenit foi levado para o hospital com dores nas costas. Foi submetido a exames que tiveram, contudo, de ser repetidos.

Em declarações ao site ad.nl, o diretor da equipa de Villas-Boas, Jean-Marc Fortin, lamentou o acidente, descartando então o cenário de desistência da prova, o que veio a acontecer.

É uma tristeza, pelo menos para o André, que estava a andar muito bem na sua estreia no Dakar", afirmou Jean-Marc Fortin, citado pelo site ad.nl, sem contudo admitir, a desistência do treinador e piloto português.

A TVI apurou que o co-piloto de Villas-Boas, Ruben Faria, tentou concluir a quarta etapa da prova para evitar precisamente a desclassificação. Ainda assim, segundo o "site" da prova, Villas-Boas desistiu.

No arranque da 4.ª etapa, o treinador Villas-Boas estava na 41.ª posição da classificação geral do rali Dakar.

Comentários

Veja mais