Governo admite limite de velocidade de 30 km/h nas cidades

| VC
V?DEO: Governo quer novas regras para o trânsito

O Governo admite generalizar os limites de velocidade de 30km/h nas áreas urbanas. Em alguns bairros, esses limites já existem, mas o ministro da Administração Interna pondera que passem a ser praticados nas cidades. Ora, sabe-se que dentro das localidades o limite atual é de 50 km/hora.

Para Eduardo Cabrita, é “absolutamente inaceitável” o elevado número de atropelamentos, sobretudo nas zonas urbanas. Daí ter admitido, em entrevista à Antena 1 - que será transmitida na íntegra no sábado - essa medida para inverter esta situação.

A Prevenção Rodoviária Portuguesa indicou, há poucos dias, que o aumento da sinistralidade rodoviária grave em 2017 - mais de 500 pessoas morreram nas estradas portuguesas - está “exclusivamente concentrado” nos motociclos.

O Governo pretende introduzir medidas como aquela para travar as mortes nas estradas, que aumentaram 12,5% no ano passado em relação a 2016. 

A segunda zona de risco, em que houve um crescimento preocupante, tem que ver com os motociclos e temos de repensar duas coisas: a dispensa de inspeção que hoje os motociclos têm, os nossos veículos automóveis têm inspeção e as motas não tem e terão de ter mecanismos de inspeção”.

Ora, também quanto condução das motas, deverão vir aí alterações. Quem tem carta de ligeiros (categoria B) e 25 anos ou mais pode conduzir motociclos 125 cm3 sem ter de tirar a carta desta categoria. Mas o Governo quer tornar obrigatória a habilitação legal, mesmo para condutores já com carta de automóvel

Comentários

Veja mais